Empresas israelenses desenvolveram sistemas capazes de controlar drones inimigos

Empresas israelenses de tecnologia de defesa desenvolveram recentemente sistemas que podem controlar drones inimigos para impedir ataques e coletar informações sobre eles, disse um relatório na quarta-feira.

Os sistemas entregam aos operadores o controle completo do drone, permitindo que eles o aterrissem com segurança para análise.

“O sistema que desenvolvemos pode detectar drones hostis em um alcance de até 3,5 quilômetros e assumir o controle de cerca de 200 drones simultaneamente”, disse Asaf Lebovitz, gerente de produto da Skylock, uma das empresas, ao jornal Haaretz.

A notícia veio dias depois de uma série de ataques relacionados a drones em países árabes vizinhos que foram atribuídos a Israel. Em um deles, as Forças de Defesa de Israel disseram que realizaram um ataque na Síria para impedir um ataque de drones iranianos. Em outros incidentes ocorridos no Líbano, a IDF não fez comentários.

A Skylock demonstrou sua nova invenção em um evento há dois meses, de acordo com a matéria.

“Nós estabelecemos um determinado local onde queremos ganhar o controle do drone”, disse Lebovitz. “Temos a capacidade de interromper a conexão entre o drone e o operador, e então obter controle remoto e o aterrissar, para verificar o que está carregando e a quem pertence”.

Outras empresas israelenses estão desenvolvendo tecnologia semelhante, segundo o jornal. A empresa Rafael introduziu recentemente seu sistema anti-drone Drone Dome, que já está operacional e, da mesma forma, assume o controle de UAVs potencialmente armados e os tira do ar com segurança.

Relacionados